Absurdo! Enganam idosas com passeio grátis para engrossar o ato das centrais sindicais!

|

Sentada em frente ao estádio Pacaembu, no início da tarde de ontem, a pensionista Terezinha Melo, 72, voluntária num grupo que promove ginástica para idosas em Guadalupe, subúrbio do Rio, decidiu anular seu voto nas eleições de outubro.
"Não quero saber de política. Não voto em mais ninguém", afirmou Terezinha.

Explica-se: ela e outras 80 mulheres, a maioria da mesma faixa etária, todas de Guadalupe, foram chamadas por uma conhecida do mesmo bairro para um "passeio" em São Paulo, com hospedagem e alimentação incluídas. A condição, dizem, participar de um "evento surpresa".
"Não sabia que era negócio político. Mandaram a gente vir. Queria fazer compras, passear", diz Terezinha, em meio ao eco do discurso dos sindicalistas, vindo de dentro do estádio.

O grupo veio a São Paulo em dois ônibus pagos pela CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil). Chegaram cedo na segunda, a tempo de presenciar Paulinho da Força Sindical pregar a derrota de Serra, no Sindicato dos Bancários.
"Achei tudo uma baboseira", definiu a dona de casa Suzana Montani, 47, sobre a experiência no meio sindical. Perguntada pela reportagem em quem votará para presidente, não titubeou: "Lula". Folha

11 comentários:

Bruno Toscano disse...

Brasileiro é igual a lombriga, se tirar a merda morre e vira objeto de estudo científico, ou seria igual a Hienas q comem bosta e vivem sorrindo a própria desgraça?
Poderia ser tbm gado, tem até música para isto, vivem de cabeça baixa, são tocados de um lado para o outro e no fim, são abatidos com uma paulada na nuca, história parecida com a dos soviéticos na antiga URSS, na implementação do social comunismo na era de Lenin e Stalin.
Ê Ô Ô VIDA DE GADO, POVO MARCADO, POVO FELIZ...

Letícia disse...

http://noticias.uol.com.br/politica/2010/06/02/cinco-anos-apos-denuncia-do-mensalao-jefferson-diz-que-lula-deve-sucesso-a-ele.jhtm

José de Araújo Madeiro disse...

Gusta,

É o lodaçal dos petralhas, quanto mais mexe mais fede. Assim será a campanha política deste ano. O Poder Judicário precisa intervir para melhorar o nível.Se, infelizmente, estão envolvendo essas velhinhas estão no jogo de lodaçal petralha.

Será cada vez mais sujo, vamos mexer ma panela e que as borbulhas do esterco sejam espalhadas no ventilador.Quando o Brasil necessita ressurgir feito o Fênix das Cinzas ou cair no desvão escuro do retrocesso.

O Voto Nulo é uma hipótese que não deve ser descartada, já há antecedentes juríricos e pode anular uma eleição para cargos executivos se não tiver a maioria de votos, cujos candidatos estarão impedidos de novamente concorrer.

Nós precisamos varrer os petralhas com o seu doente e putrefato Foro de São Paulo do mapa político e administrativo do Brasil.

Att. Madeiro

Waltão disse...

TUDO E TODOS QUE SÃO LIGADOS
A ESTA MALDITA RAÇA VERMELHA,
SÃO COMPOSTOS DE CÉLULAS
FÉTIDAS, NUNCA VI IGUAL, É ESTÊRCO
QUE NÃO ACABA MAIS.

RR3C disse...

As sombras do lullo-petismo

As principais testemunhas que morreram até agora foram:

1.Dionísio Aquino Severo: morto dentro prisão, em 2002. Para os promotores, ele teria informações sobre o suposto autor intelectual do crime.
2.Sérgio “Orelha”: forneceu abrigo para Dionísio Aquino Severo. Foi morto a tiros em 2002.
3.Otávio Mercier: investigador da Polícia Civil. Morreu depois que sua casa foi invadida.
4.Antonio Palácio de Oliveira: garçom que serviu o prefeito na noite do crime. Ao fugir de uma perseguição sua motocicleta bateu num poste e ele morreu.
5.Paulo Henrique Brito: a única testemunha da morte do garçom. Foi assassinado 20 dias depois.
6.Iran Moraes Redua: agente funerário que reconheceu o corpo do prefeito no local do crime. Assassinado com dois tiros.
7.Carlos Delmonte Printes: médico-legista que examinou Celso Daniel, encontrado morto na sua casa, na Vila Clementino, zona sul, em 11 de outubro de 2005.

RR3C disse...

Demais da conta

Os caras fecham o carro do Sombra, metralham o carro, levam o Celso Daniel, deixam o Sombra, assassinam, e segundo o legista tortutam o prefeito; e o Pt quer que o mundo acredite que foi "crime comum".
Estes "criminosos comuns" iriam fazer o que com o "sequestro". Pedir um resgate????

O Poder Judiciário tentou o mais que pode evitar o julgamento do Sombra. Mesmo contra a mais cristalina prova de que não se trata de crime comum, insistiu até não mais poder em manter tal disparate. O Judidciário brasileiro é a maior afronta a nossa inteligência, uma fraude constante, uma apologia republicana, entre tantas e degeneradas, à mentira e ao cinismo.

Entre seus acintes está a fraude eleitoral da urnas eletrônicas sem voto impresso.

RR3C disse...

Relembrando

"Greenhalgh prestou depoimento para a CPI dos Bingos porque foi escolhido pelo Partido dos Trabalhadores para acompanhar o inquérito policial sobre a morte do prefeito de Santo André Celso Daniel, em 2002. O primeiro inquérito policial concluiu que a morte do prefeito foi crime comum. A família do prefeito não aceitou essa hipótese. Ainda em 2002, o Ministério Público pediu para que as investigações sobre o caso fossem reabertas."

RR3C disse...

Relembrando:

Delmonte dizia que o prefeito foi brutalmente torturado antes de ter sido executado. O médico também dizia que a hipótese de a morte de Celso Daniel ter tido origem num crime comum não era plausível.

Durante uma entrevista para o Programa do Jô, em setembro, Delmonte disse que recebeu pressão de políticos, entre os quais o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (Partido dos Trabalhadores- São Paulo), para que concordasse com a hipótese de crime comum.

RR3C disse...

Relembrando

As evidências começaram a surgir na tarde do dia 24 de janeiro de 2002, cinco dias depois do assassinato do prefeito, quando a empresária Rosângela Gabrilli, dona de uma empresa de ônibus em Santo André, procurou o Ministério Público para fazer uma denúncia grave. Segundo ela, os donos de companhias rodoviárias da cidade eram obrigados a contribuir para uma caixinha do PT. O valor do mensalão seria proporcional à quantidade de ônibus que cada empresário possuía, à razão de 550 reais por veículo.

RR3C disse...

Constatando

E ainda querem que alguém acredite que as urnas eletrônicas são invioláveis. Não são. Há menos que alguém possa declarar, e comprovar, um cofre ou a palavra de um ministro, afiançada por seus excelsos capangas, como algo inviolável.

Se a urnas são seguras? Sim, são seguras. Sem o voto impresso, pode-se roubar com toda a segurança a eleição presidencial. Não há problema algum.

Anônimo disse...

PT, sindicatos, maracutaias; tudo a ver! A gente se vê por aquí!

 

©2009 Reaja Brasil! | Template Blue by TNB