hahahaha...Indio da Costa volta à cena e agora mira José Dirceu!

|

Indio da Costa volta à cena e agora mira José Dirceu

O deputado licenciado Indio da Costa (DEM-RJ), vice na chapa presidencial do tucano José Serra, parece não ter se intimidado com a grande repercussão de seus comentários sobre as relações entre PT e Farc, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. Neste sábado, ele voltou a fazer críticas ao PT.

Mais uma vez pelo Twitter (ele já tem mais de 70 mil seguidores), o vice de Serra afirmou que a vitória da petista Dilma Rousseff significará o retorno de José Dirceu ao Palácio do Planalto. ”Dirceu, chefe do mensalão, entra em cena para defender Dilma. Se Dilma vencer, Zé Dirceu volta ao poder”, escreveu o democrata. continua no link acima

4 comentários:

Maximiano Henrique Rebequi dos Santos disse...

Fico contente de ver o posicionamento de Serra e Indio da Costa,tão contente que passo a apoiá-los nas próximas eleições.
Caso mantenham o posicionamento mais conservador,terão o meu apoio e meu voto!
Obrigado por nos informar Gusta.
Abraços

fusaenotas disse...

Até que enfim a "oposição" ganhou feições mais adequadas ao termo!
Índio da Costa chegou chutando o balde cheio de porcarias do PT, que por extensão, é Governo.
Agora, com as entranhas expostas, vamos ver o que o Cara vai inventar, para dissimular.
Ah sim, parece que já inventou uma viagem para fazer uma "mediação"-

- o Cara, amigo e protetor das Farc e consequentemente do narcotráfico,
vai conversar "olho no olho" com os chefes da Venezuela e Colômbia.

Além de desviar a atenção da imprensa e do povo com seus factóides,
arruma um motivo "social" para justificar a aproximação com as Farc.
PALHAÇADA!

Canguru Perneta disse...

DO BLOG DO UCHO

Dupla de “peso” toma conta do dinheiro da campanha de Dilma Rousseff

Passando a sacolinha -

Acusado pelo Ministério Público paulista de pilotar um esquema de desvio de milhões de Reais do caixa da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), lesando milhares de cooperados, João Vaccari Neto, o novo tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, foi afastado, pelo menos oficialmente, da contabilidade da campanha da companheira Dilma Rousseff. Em seu lugar assumiu José de Filippi Júnior, ex-prefeito de Diadema, que teve as contas de sua administração rejeitadas pela Justiça, o que não é novidade quando se trata do Partido dos Trabalhadores.
Como se não bastasse, Filippi, que também cuidou das finanças da campanha de Lula da Silva, em 2006, agora é acusado de omitir na declaração de bens entregue à Justiça Eleitoral – ele é candidato a deputado federal – a propriedade de uma empresa de engenharia, criada após a sua saída da prefeitura e que lhe proporciona retiradas mensais de até R$ 15 mil. O tesoureiro-candidato disse que o erro cometido pelo contador será retificado na Justiça Eleitoral e na Receita Federal, já que as declarações de renda de 2008 e de 2009 também não registram a existência da AFC 3 Engenharia.
Mas este não é um assunto isolado no caixa forte da campanha da presidenciável petista. Sob uma enxurrada de acusações, as quais o PT tenta minimizar, João Vaccari Neto foi guindado a uma nova função. Arrecadador-geral da campanha de Dilma Rousseff. Quem conhece minimamente o processo de mais de 8 mil páginas em que a Bancoop aparece como investigada, não demora a imaginar os rodopios que a “sacolinha” de Dilma está dando por aí.

ET: PUTZ, O BEIRA MAR PERTO DESTA TCHURMA AÍ, É LADRÃO DE GALINHA !!!!!!!

Anônimo disse...

O Zé Dirceu também é amigo das quadrilhas de traficantes, o CV e o PCC. Li, em algum blog, que quando Fernandinho Beira Mar foi preso, Zé Dirceu foi imediatamente para o Paraguai avisar seus comparsas que atuam no lado de lá.

 

©2009 Reaja Brasil! | Template Blue by TNB