"Abril vermelho" soma 92 invasões, perda de R$ 228 milhões e retração de R$33 milhões em tributos!

|

O Observatório das Inseguranças Jurídicas da CNA apurou que já foram promovidas 92 invasões de propriedades dentro do "abril vermelho", promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra.

O cálculo leva em consideração as invasões realizadas até a última sexta-feira (30). Se forem mantidas, há riscos para a economia nacional.

Cálculo do "Observatório das Inseguranças Jurídicas" aponta para uma perda de R$ 228 milhões no faturamento bruto da agropecuária e uma retração de R$ 33 milhões na geração de tributos estaduais e federais. As invasões do "abril vermelho" também colocam em risco 1.134 empregos. Os números estão presentes na edição da última sexta-feira (30) no boletim "Vamos tirar o Brasil do vermelho - Invasão é Crime". Os prejuízos levam em conta que as terras produtivas invadidas ficam impedidas de produzir alimentos. Pernambuco, Bahia, Minas Gerais e São Paulo são os Estados onde os impactos são mais graves.

2 comentários:

Waltão disse...

Apagão de 2009 custará R$ 160 milhões na conta de luz

A redução da geração de energia em Itaipu, de dezembro do ano passado até agora, vai custar pelo menos R$ 160 milhões a mais na conta de luz dos brasileiros, informa reportagem de Agnaldo Brito para a Folha .

E VIVA A MÃE DO PAC....PACQUEPARIU...

Blog do Ferra Mula disse...

Gusta, veja esta:

Na passagem pela ExpoZebu, em Uberaba, José Serra e Dilma Rousseff foram abordados pela senadora Kátia Abreu, que colhia assinaturas em apoio ao Plano Nacional de Combate às Invasões de Terras. O tucano deu a sua. A petista pediu tempo para analisar o documento. José Alencar (PRB) também aderiu, mesmo depois de ser alertado por um assessor sobre o teor do documento. "Eu sei bem o que estou assinando", reagiu o vice.

Um abraço do Airton.

 

©2009 Reaja Brasil! | Template Blue by TNB