''Lei é para todos'', diz TCU sobre ato de Lula!

|

Para procurador, obras da Petrobrás não poderiam ter sido liberadas

O procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Marinus Marsico, criticou ontem a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de retirar quatro obras da Petrobrás da lista de projetos com indícios de irregularidades do Orçamento de 2010.

Ao sancionar o Orçamento deste ano, Lula excluiu da "lista negra" as obras da estatal na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco; na Presidente Getúlio Vargas, no Paraná; no terminal de escoamento de Barra do Riacho, no Espírito Santo; e no complexo petroquímico do Rio de Janeiro.


"Foi uma decisão lamentável", disse Marsico. "Entendo que a lei é para todos e todos têm de obedecer às leis e às decisões dos tribunais." Para ele, o Executivo deveria se dedicar a consertar os erros e fiscalizar eventuais falhas nas obras. "O TCU coloca que há indícios de irregularidades para que as obras sejam paralisadas. Cabe ao Congresso dizer se a obra entra ou não na lista daquelas que devem parar, e não o presidente da República", argumentou o procurador.

4 comentários:

cleber.mira disse...

Pessoal, vamos divulgar o partido LIBER em seus blogs. Surgiu uma oportunidade de termos novamente um partido cujo programa defende os ideais liberais e libertários.

Acessem e divulguem em seus blogs e comunidades virtuais:

http://www.libertarios.com.br/

Em especial acessem essa página:

http://www.libertarios.com.br/index.php/participe/liber-500

O partido precisa de assinaturas para poder disputar eleições.

Quero dizer que não sou filiado ao partido e peço apenas que o divulguem para que as nossas idéias liberais possam ter alguma oportunidade de serem implementadas.

P.s.: desculpe se de alguma forma esse post contraria a política do blog. Sinta-se livre para excluí-lo.

RR3C disse...

Chacota internacional

"O ministro Celso Amorim representou o presidente. Em discurso que seria dito por Lula, ele fez balanço dos sete anos de governo e disse que países devem priorizar a produção e não a especulação. Por causa dos problemas de saúde, o presidente..." (Em Davos)

O Brasil merece ser ridicularizado assim. O deboche e o menosprezo estão dirigidos a cada um daqueles que reelegeu lulla. Em especial, está sendo escarnecida e avacalhada o jornalismo brasileiro.

militares no poder disse...

Lula agora, está fazendo igual ao seu companheiro Chávez. Ou seja, "aqui quem manda sou eu", "aqui quem dá as ordens sou eu", ou seja, TOTALITARISMO. Os militares não vêem isso também?

grampo disse...

"lei é prá todos.", KÁ KÁ KÁ KÁ

 

©2009 Reaja Brasil! | Template Blue by TNB